A Chlorella é uma microalga presente no ecossistema marítimo e possui uma
alta capacidade de captação de oxigênio, essa característica é fundamental
para a otimização da sua composição nutricional. No mercado de
suplementação, a Chlorella é comercializada sob duas formas, matéria seca
vendida a granel e na forma de capsula. A Chlorella possui um perfil de
aminoácidos bem abundante, no entanto, a biodisponibilidade ainda é baixa
quando comparado com aminoácidos de origem animal. Por outro lado, a
Chlorella possui os carotenoide que são importantes para a formação
nutrientes como a vitamina A, além disso, é fonte de ácido fólico, vitamina D,
gorduras poli-insaturadas. Ademais, os seus pigmentos possuem uma função
antioxidante.
A aplicabilidade clínica da Chlorella está relacionado com a sua
capacidade imunomoduladora, além de controlar os níveis de LDL, pressão
arterial sistólica e diastólica, colesterol total, hepatoproteção. Ademais, pode
ser utilizada para o controle de peso, principalmente na redução da
circunferência da cintura e adiposidade corporal. O tempo médio de tratamento
é de 8 semanas e a dose média é acima de 3g.

 

 

 

“Esse texto foi escrito por Michel Sueira, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@certosaude.com.br”

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por @certosaude)

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *