Os aminoácidos são fundamentais para a vida, sendo essenciais para a formação de proteínas que desempenham diversas funções no corpo humano. Existem 20 aminoácidos, divididos em essenciais e não essenciais. A lisina, um aminoácido essencial, vai além da síntese proteica, desempenhando papéis cruciais na saúde humana. Os aminoácidos são essenciais para a síntese de proteínas, fundamentais para estrutura celular, função enzimática, transporte de nutrientes e comunicação entre células. Alguns têm funções especiais, como a arginina na produção de óxido nítrico e a tirosina como precursora de neurotransmissores.

A lisina, além de sua função na síntese proteica, é crucial para a formação de colágeno, promovendo saúde na pele, ossos e tecido conjuntivo. Seu impacto no sistema imunológico destaca-se na redução da gravidade e duração de infecções pelo vírus herpes simplex, inibindo sua replicação. Para garantir ingestão adequada de lisina, é importante incluir em uma dieta variada alimentos ricos nesse aminoácido. Carnes magras, ovos, laticínios, legumes e grãos integrais são excelentes fontes. Vegetarianos podem recorrer a legumes, nozes e produtos de soja.

Estudos revelam que a suplementação de lisina pode beneficiar pacientes com pré-diabetes, reduzindo a incidência de diabetes e melhorando marcadores metabólicos. Além disso, a lisina mostra potencial na redução de produtos finais de glicação avançada (AGEs) em pacientes com DM. Os AGEs podem causar problemas, contribuindo para complicações em condições como diabetes. Eles desempenham um papel em danos aos vasos sanguíneos, nervos e órgãos, levando a complicações diabéticas.

A lisina demonstra propriedades antivirais, especialmente contra o vírus herpes simplex. Estudos sugerem que a lisina, competindo com a arginina, inibe a replicação viral, indicando estratégias dietéticas para reduzir a suscetibilidade a infecções virais. Doses a partir de 1g sendo utilizadas imediatamente após a manifestação dos sintomas apresentam ótimos resultados.

Esse texto foi escrito por Breno Prachedes (@breno_prachedes), baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@certosaude.com.br. Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos, mencione o nome do autor e do site, por favor. Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por @certosaude)

 

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *