Quando a gente pensa em fazer dieta para perder peso, normalmente pensamos em exorcizar aquela gordura localizada que tanto incomoda e se for possível que seja de maneira rápida. Mesmo sabendo que não engordamos da noite para o dia, ativamos o plano na academia e agendamos a consulta com o Nutricionista o quanto antes para ter resultados em no máximo 3 meses. Durante o processo a gordura vai diminuindo, mas aquela presente  na barriga, flancos (o famoso pneuzinho) e no quadril, insistem em permanecer, mas é normal, a característica do tecido adiposo acumulado nessas regiões são  mais difíceis de serem eliminadas e necessitam de uma atenção especial, aí que entra a mágica do óleo de cártamo conjugado (CLA).

 

É importante entender a diferença entre o óleo de cártamo e o Ácido Linoleico presente no óleo de cártamo, o primeiro tem uma função mais antiinflamatória, já o segundo promove uma série de reações enzimáticas no tecido adiposo que proporcionam a quebra da gordura, além de aumentar a  quantidade de mitocôndrias (locais para queimar a gordura intracelular), bem como o  transporte de gordura. Para ter efeitos significativos, o óleo de cártamo conjugado (CLA) deve ser administrado de forma correta e por isso é importante adquirir marcas confiáveis. A dose recomendada é de 3,4g de CLA, consumida de forma fracionada e  próximo das refeições.

 

“Esse texto foi escrito por Michel Sueira, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@177.154.191.246.”

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por @certosaude)

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *